domingo, 30 de março de 2008

Toca a voar e ignorar de cima para baixo...


Li "O Processo" de kafka quando tinha 17 anos, na altura gostei, mas agora com o passar dos anos, começo perceber melhor os efeitos da sua mensagem. Uma acusação invisível, mas sentida, uma defesa irreal mas indefesa, um processo incriminatório sem crime.

Há situações na vida em que somos julgados e punidos por uma acção que apenas teve como objectivo a coexistência humana, o sentido bom das coisas, o bem, o esclarecimento. Algo cada vez mais complexo numa sociedade fria, sem sentidos e com ambições individualistas cada vez mais poderosas. As conversas somam-se por entre factos e sensações, por habilidades oratórias nos cruzamentos profissionais. Todos nós estamos a perder o sentido do respeito pela liberdade, pelo trabalho e pela diferença do outro. Meu Deus, onde estão os valores, o sentido, o altruísmo, a missão de acreditar no bom selvagem de Rosseau.

Confesso que neste momento deixei de acreditar em 99 por cento do meu mundo, na pureza do Homem, no sentido mais profundo da amizade. Também falho, também julgo, também penso negativamente como todos, mas foda-se.... há gente que abusa, que consegue ignorar a dor de um colega, a tristeza de um amigo, a falência de um ser humano, que sente prazer no colapso do outro. No fundo, o "EU" é sempre o mais importante, o alvo a preservar, os outros que se lixem. Dizem-me que há excepções, acredito, mas para isso ajudem-me a encontrar. Já desisti, resta-me tratar todos numa linha recta emocional que, de vez em quando, faz uma curva em direcção a um momento, a uma acção bondosa, amiga.

Já sei... é um texto pessimista e exagerado, mas talvez um dia concordem comigo. A culpa é, sobretudo, minha por acreditar e esperar demasiado nessa coisa chamada ser humano. Isto é uma sociedade de merda! Até a maior parte dos os amigos é corrompida por esta nova (des)ordem emocional e social. Até eu... Afastem-se ainda mais... Fujam! Esqueçam! Não me venham com conversas da treta! Dispenso! Rasteja-se, vai se ao fundo do poço, mas voamos noutro mundo, saltamos o tempo. Se estão ofendidos, lamento, não são obrigados à minha existência nem a passar por aqui. Conclusão: Banalizou se o conceito de amigo devido a interesses pessoais, quando no fundo "um amigo é um outro eu".

sexta-feira, 28 de março de 2008

A imagem diz o resto...

Estou cansado, é claro,
Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado.
De que estou cansado, não sei:
De nada me serviria sabê-lo,
Pois o cansaço fica na mesma.
A ferida dói como dói
E não em função da causa que a produziu.
Sim, estou cansado,
E um pouco sorridente
De o cansaço ser só isto —
Uma vontade de sono no corpo,
Um desejo de não pensar na alma,
E por cima de tudo uma transparência lúcida
Do entendimento retrospectivo...
E a luxúria única de não ter já esperanças?
Sou inteligente; eis tudo.
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto,
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá,
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa.

Alvaro de Campos

PS- Bom fim de semana para todos, obrigado por tudo!

quarta-feira, 26 de março de 2008

Lisboa recebe um "monumento" da música...



"O cantor canadiano Leonard Cohen actua a 19 de Julho no Passeio Marítimo de Algés, Oeiras, e os bilhetes estão à venda por 35 euros.
Este concerto será ao ar livre no mesmo espaço onde decorrerá o festival Alive!, com capacidade para 40 mil pessoas, e faz parte de uma digressão mundial de Cohen que põe fim a 15 anos de ausência dos palcos internacionais.
Esta será a terceira actuação de Leonard Cohen em Portugal, depois de se ter estreado em 1985 e de ter regressado em 1988, e segundo a promotora ultrapassará as duas horas de duração.Leonard Cohen, 73 anos, é considerado um dos maiores escritores de canções folk da segunda metade do século XX, autor de músicas que versam sobre amor, espiritualidade, religião ou sexo, "embrulhadas" em soturnidade, melancolia, cinismo e provocação.
A 10 de Março Leonard Cohen ingressou no Rock and Roll Hall of Fame, em Nova Iorque."

PS - É uma das minhas referências, um “amigo”, um companheiro de viagens cósmicas, solitárias e de aventuras no mundo dos sentidos. Um senhor que admiro há mais de 15 anos. Está velhinho, mas aquela voz sussurrante e letras misteriosas continuam a mexer longe da razão.

Goodby Cruel World....Welcome to machine.



Welcome to machine...

terça-feira, 25 de março de 2008

A vida é um jogo... de sonhos, realidades e utopias.


Tropecei aqui enquanto pensava e viajava na net. Um grande vídeo de sedução, a minha modelo preferida de sempre e uma grande verdade: A vida é um jogo, resta saber se é fraco, ou algo forte, depende da perspectiva. Do olhar... dos sentidos!

Acordei assim... a circular num despertar de primavera

"A grande arte da vida é acordar depois de um sonho, levantar depois de um tombo e sorrir depois de uma decepção!"

Sombras e olhares...

A vida é mesmo fodida, um eterno desafio e uma luta constante. Uns vencem, outros desistem. Na base deste paradigma está a essência do ser humano. Por vezes todo-poderoso, outras vezes rastejando a chorar para o chão. Um circulo indefinido no confronto do ser e do estar. São medos infundados que queimam a chama, são sombras que esmagam a visão do outro lado. São demasiadas fronteiras em guerra. O existencialismo vacila no meio de um infinito de olhares assassinos. No meio do nada caímos sem saber a razão. Não evitamos a dor, somos fracos.

segunda-feira, 24 de março de 2008

domingo, 23 de março de 2008

Que merda de planeta político..........

"A China acusou hoje o Dalai Lama de querer a independência do Tibete às custas dos Jogos Olímpicos de Pequim , que se realizam este Verão.
O Governo de Pequim já tinha acusado o líder do Tibete de conluio com movimentos separatistas na região de Xinjjiang e entende os confrontos no Tibete como um problema de segurança que é preciso reprimir antes dos Jogos Olímpicos.
Os confrontos entre forças chinesas e monges budistas tibetanos começaram há uma semana quando estes decidiram comemorar os 49 anos de uma tentativa falhada de proclamação de independência do Tibete.
O Dalai Lama já criticou a reacção violenta dos tibetanos e a resposta chinesa e diz que está disposto a dialogar não pela independência mas por um regime de autonomia para o Tibete." (Publico )

PS- Tibete livre, Dalai Lama sempre!

sábado, 22 de março de 2008

quinta-feira, 20 de março de 2008

Um passo...


Um homem cresce com duas vidas, mas mata aquela que sonha.
É como o padrinho que nunca chega a ser pai.
Uma rua fechada virada para uma orquestra de ruídos catalogados no passado!
Para trás fica apenas o virar de um horizonte de memórias,
Olhares que nunca subiram ao Olímpio da chama do sentimento.
Uma raiva a chorar as estrelas que morrem no sol.
É um pesadelo a correr num mundo sem uma mão a indicar o sentido.
O lado que atravessa a barreira de edifícios mentais,
construídos numa engenharia imbecil, hipócrita e egoísta.
Há dois tipos de mortes entre o ser e a alma.
Uma que os outros choram, outra em que choramos sozinhos.
Às vezes é preciso morrer para mergulhar no real sentido da vida.
Só assim deixas de ser a sombra pensada por Platão.
Olha para a frente, vê a luz, o caminho do teu universo.
Uma tripla escolha para a felicidade.
Liberta as amarras, limpa as lágrimas e salta no céu.

S.S.

quarta-feira, 19 de março de 2008

Dia do Pai!

"Sábio é o pai que conhece o seu próprio filho."
Shakespeare

A minha noite...

Uma hora e meia de puro prazer este HEIMA (filme/documentário) dos Sigur Rós. Depois de uma digressão mundial resolveram voltar à sua terra natal, a Islândia, e dar concertos gratuitos. Uma viagem cheia de emoções e de belezas raras. Um mundo escondido, mas com muita luz. Lindo.
O meu obrigado ao amigo P.C. pela sugestão.

terça-feira, 18 de março de 2008

Coisas que me revoltam.....

"Os protestos contra a Administração chinesa no Tibete entraram na segunda semana e estão a espalhar-se a outras províncias da China, com o Governo a usar a força para calar a revolta liderada pelos monges budistas. Pequim fala em 16 mortos, mas fontes ocidentais admitem que possam ser centenas. Com o fantasma de Tiananmen presente, EUA e União Europeia procuram uma solução pacífica que possa agradar às duas partes. "

PS- E o mundo fica calado perante a toda poderosa china. F**** Mas a culpa não é só da China, é também da merda que reina nas Nações Unidas e dos EUA. Até Portugal teve vergonha de receber bem o Dalai Lama com medo da China. O dinheiro fala mais alto! Vergonhoso é continuarem com os Jogos Olímpicos em Pequim.

segunda-feira, 17 de março de 2008

Mudar...


"Ninguém pode ser escravo da sua identidade: quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar."
Elliot Gould

"Seja a Mudança que quer no mundo"
Dalai Lama

Toda reforma interior e toda mudança para melhor dependem exclusivamente da aplicação do nosso próprio esforço.
Kant

sexta-feira, 14 de março de 2008

Selfishness...

O egoísmo, em excesso, é um dos grandes flagelos da humanidade. Ele consegue transportar todo lado negro do Homem!
Impressionante! Foda-se!

Clássico....

Confesso que sou um grande apreciador da boa publicidade. Gosto, particularmente, desta pela sensualidade de toda a sua feitura. A menina é a famosa e bonita actriz Charlize Theron, vencedora de um Óscar ( venceu e não foi preciso recorrer à sua beleza, ficou, alias, desfigurada). Há vários spots feitos a partir desta marca, depois de verem este podem deliciar-se com os outros aqui; basta deixar chegar ao fim e escolher. Isto porque estive a beber um Martini :)

quarta-feira, 12 de março de 2008

Eclipse

Brincas com o mundo como uma bola,
Agitas o esférico contra uma parede à procura de respostas.
É esse o mundo que tens, aprende a olhar e a ignorar.
Corre com a bola sempre à frente e nunca atrás,
Domina o teu planeta com todos os sentidos.
A baliza pode estar próxima!
Salta para além do movimento da translação.
Levanta a cabeça e observa a rotação da vida.
Os eclipses de alguns amigos não matam a vida.
São movimentos de sedução entre a lua, a terra e o sol.

terça-feira, 11 de março de 2008

Vaticano: Lista dos novos pecados capitais

Os novos pecados capitais

1. modificação genética
2. Poluir o meio ambiente
3. Causar injustiça social
4. Causar pobreza
5. Tornar-se extremamente rico
6. Usar drogas
"A poluição, manipulação genética e as desigualdades sociais são as novas formas de pecado capital da nossa sociedade, estimou, em entrevista ao jornal l'Osservatore Romano, o monsenhor Girotti, responsável pela Penitencial Apostólica, um dos três tribunais da Igreja.
A Igreja Católica havia fixado em sete o número de pecados capitais: a preguiça, o orgulho, a gula, a luxúria, a avareza, a cólera e a inveja."
Pergunto eu como "crente"

PS- Se me apetecer fumar um charro de erva, de preferência do Pico, ou beber uma cerveja sou pecador? Se me sair o euromilhões?
PS-2 "Com uma crescente preocupação com as questões ambientais sobra uma pergunta: será que a eleição de um novo Papa vai ser anunciada com fumo branco?" - Publico

Jesus, volta para salvar o Vaticano!

domingo, 9 de março de 2008

Life drop....

Tiny tears make up an ocean
Tiny tears make up a sea.
(...) It seems that moment has arrived... (Stuart Staples)

Education...


Aceito o direito à indignação, aceito a manifestação dos professores, compreendo algumas razões, mas, discordo de muitos dos argumentos utilizados pelos docentes da região (têm um estatuto de carreira mais "suave" do que os seus colegas no continente)
Considero ainda pouco educativo algumas frases de protesto, cartazes e declarações usadas em Lisboa. Na minha opinião, um triste exemplo para os alunos. Sei que há professores que merecem gritar bem alto, mas outros deviam esconder-se. O que sinto como cidadão é uma sociedade cada vez mais de costas voltadas para os professores devido às formas usadas para erguerem a sua voz. Refiro-me a outras lutas (os dias e as alturas escolhidas) usadas num passado recente. Contudo, confesso que esta é apenas uma opinião de um cidadão ligeiramente informado, com membros na família e amigos que pertencem à classe. Mas, espero que todos se entendam sobre a educação, um bem essencial da nossa sociedade. As reformas são um processo inevitável da ordem natural das coisas.
O melhor é curtir este pedaço de um clássico (música e filme).

sexta-feira, 7 de março de 2008

Um ruído divinal no meu silêncio...



Sigur Rós, simplesmente um dos melhores projectos musicais dos últimos anos.
Sigur Rós é uma banda islandesa de post-rock, com elementos melódicos, clássicos e minimalistas. O nome, em islandês, significa "rosa da vitória".
As citações iniciais sobre a música e este vídeo feito com pessoas portadoras de deficiência demonstram muita sensibilidade, algo cada vez mais raro neste mundo. Que paz!

terça-feira, 4 de março de 2008

Metamorfose - part IV

O silêncio é uma procura de paz, de luz, de respostas, de descanso, de lutas, de espaço, mas também sinto-o como ausência e desprezo de alguns. Que assim seja...
Vamos todos ficar em silêncio. Restam as imagens que também falam.
Até....

segunda-feira, 3 de março de 2008

Andando...


"Sonho que sou um cavaleiro andante.
Por desertos, por sóis, por noite escura,
Paladino do amor, busco anelante
O palácio encantado da Ventura!

Mas já desmaio, exausto e vacilante,
Quebrada a espada já, rota a armadura...
E eis que súbito o avisto, fulgurante
Na sua pompa e aérea formosura!

Com grandes golpes bato à porta e brado:
Eu sou o Vagabundo, o Deserdado...
Abri-vos, portas de ouro, ante meus ais!

Abrem-se as portas d' ouro, com fragor...
Mas dentro encontro só, cheio de dor,
Silêncio e escuridão - e nada mais"


Antero de Quental

domingo, 2 de março de 2008

Dois lados de um anjo!


"O teu silêncio é uma nau com tôdas as velas pandas.

Brandas, as brisas brincam nas flâmulas, teu sorriso...

E o teu sorriso no teu silêncio é as escadas e as andas

Com que me finjo mais alto e ao pé de qualquer paraiso (...) Fernando Pessoa